Utilidades

Vitaminas

Tipos de Vitaminas

001
Vitamina A

Fontes: Óleo de fígado de peixe, fígado, rim, ovo, leite, óleo de dendê, cenoura, couve, espinafre, manteiga.

Deficiência: Cegueira noturna, alterações cutâneas.

002
Vitaminas D

Fontes: Óleo de fígado de peixe, manteiga, fígado, gema de ovo, leite, salmão, atum e luz solar.

Deficiência: A carência dessa vitamina prejudica a perfeita mineralização do esqueleto. Em crianças, produz o raquitismo, que se caracteriza pela má formação óssea, ossos moles e defeituosos. No adulto provoca a osteomalácia, que se manifesta pela desmineralização óssea.

003
Vitamina E

Fontes: Germe de trigo, óleos vegetais, vegetais de folhas verdes, gordura do leite, gema de ovo e nozes.

Deficiência: Fragilidade muscular, deposição ceróide no músculo liso, creatinúria, hemólise, reabsorção fetal, atrofia testicular, anormalidades embrionárias, distrofia muscular, encefalomalácia e necrose hepática.

001
Vitamina K

Fontes: As principais fontes são: vegetais verdes folhosos, principalmente brócolis, repolhos, nabo e alface, contém menores quantidades.

Deficiência: Hemorragias. No entanto convém lembrar que a deficiência é rara.

002
Vitamina B1

Fontes: As principais fontes desta vitamina são as carnes (boi, víceras, porco, aves), a gema do ovo e os grãos integrais (germe dos grãos).

Deficiência: A deficiência da vitamina B1 é rara e é chamada de Beribéri. Seus principais sintomas são relacionados ao Sistema Nervoso Central pela falta de glicose (desordem no metabolismo dos carboidratos), como a fadiga, depressão, instabilidade emocional, anorexia e retardamento do crescimento. Esse distúrbio ocorre muito em alcoólatras ou em regiões onde a alimentação básica é de cereais refinados.

003
Vitamina B2

Fontes: As principais fontes dessa vitamina são: leite, queijo, carnes (em especial fígado), ovos, hortaliças de folhas verdes, cereais integrais e leguminosas.

Deficiência: A deficiência dessa vitamina manifesta-se por lesões na língua, lábios, nariz e olhos, vermelhidão na língua, rachaduras nos cantos da boca, descamação gordurosa da pele, hipersensibilidade à luz e vascularização intensa.

001
Vitamina B5

Fontes: Presente em todos os vegetais e animais. As melhores fontes são ovos, fígado e salmão.

Deficiência: Dermatites, sensação de queimação, perda de apetite, náusea, indigestão, estresse.

002
Vitamina B6

Fontes: Levedo, germe de trigo, carne de porco (bem passada), vísceras, principalmente fígado, cereais integrais, legumes, batatas, bananas e aveia.

Deficiência: A deficiência dessa vitamina é relativamente rara, no entanto, alguns medicamentos interferem com o metabolismo da mesma.

003
Vitamina B9

Fontes: Fígado, feijão roxo, fava e vegetais folhosos verde escuro como: espinafre, aspargo, brócolis, carne magra, batata e produtos com trigo integral.

Deficiência: Alterações na divisão celular, podendo ainda ocorrer déficit de crescimento, um tipo específico de anemia, distúrbios gastrointestinais como diarréia, língua avermelhada.

001
Vitamina B12

Fontes: As principais fontes de B 12 são o fígado, rim, leite ovos, peixe, queijos e carnes.

Deficiência: Diminuição do crescimento, anemia e outros distúrbios sanguíneos e distúrbios gastrintestinais.

002
Vitamina C

Fontes: Frutas cítricas, hortaliças de folhas verdes, pimentão, tomate, batata, goiaba, cajú, manga, morango, mamão.

Deficiência: A carência dessa vitamina causa o escorbuto. Essa doença é caracterizada por hemorragias freqüentes, dentes frouxos, gengivas inchadas, dores nos ossos e articulações, cicatrização retardada de feridas.

003
Vitamina PP

Fontes: Fígado, carnes em geral (aves e peixes inclusive), leguminosas e cereais integrais. O leite e os ovos, apesar de pobres em niacina, são boas fontes de triptofano.

Deficiência: Quando ocorre a deficiência de niacina, inicia-se um quadro de fraqueza muscular, perda de apetite, indigestão e erupções cutâneas. Com o avanço da carência temos o quadro de pelagra ("pele áspera") que se caracteriza por pele avermelhada e áspera, principalmente nas áreas mais expostas à luz solar: rosto, pescoço, joelhos, cotovelos; língua vermelha e lisa; ardor na boca; estomatite; diarréia e alterações mentais